Evangelização

Pilulazinha do Evangelho 

O evangelho de Jesus Cristo na linguagem das nossas crianças 

Material gentilmente cedido pela equipe do Ricardo Melo

Link – Pilulazinha do Evangelho

___________________________________________________________________________

 

 

 

 

____________________________________________________________

JESUS  É  O  EVANGELIZADOR

JESUS: o primeiro e o mais perfeito evangelizador do Planeta Terra.

Sua pedagogia

Revelava apenas o que os seus ouvintes tinham condições de compreender e assimilar.

Sua palavra

Atraia pessoas que o ouviam com atenção e alegria.

Sua linguagem

Era correta e compreensível a todos.

Seus Ensinamentos

Eram adequados para cada ocasião, assim a semente lançada encontraria campo onde germinar.

Parábolas, imagens simbólicas e exemplos da vida cotidiana

Eram recursos usados, para melhor compreensão daquele povo acostumado às Leis Civis de Moisés.

Sua Autoridade

Vinha da tranqüilidade do seu Espírito, da

confiança no êxito da sua missão.

Paciente

Semeava e esperava a germinação e os frutos.

Enérgico

Ensinava sem ferir, sem humilhar.

Comunicativo

Seu coração transbordava amor; era seu carisma

que atraía para junto de si aqueles que buscavam com vivo interesse.

Exemplo

Viveu o que ensinou, razão por que revolucionou a Lei Civil, roçando o “olho por olho” por “amar a Deus sobre todas as coisas, e ao próximo como  si mesmo”.

Livro: Evangelização: Compromisso com Jesus

– Dima Lourenço Marquez –

Texto disponibilizado pela equipe de evangelição em 28/09/2011

___________________________________________________________

Escola Espírita de Evangelização

 

No Centro Espírita Francisco de Assis realizamos um trabalho de evangelização da infância e juventude pelo qual procuramos transmitir o conhecimento da doutrina espírita e da moral evangélica pregada por Jesus. Trata-se da Escola Espírita de Evangelização. Nossa intenção não é somente a transmissão de conhecimentos mas, sobretudo, a formação moral inspirada no Evangelho.

A organização funcional é semelhante a de qualquer escola, possuindo um currículo, programas e planos de aulas desenvolvidos pelos evangelizadores juntamente com a coordenação. O calendário obedece ao que comumente se estabelece nas escolas regulares, com férias nos períodos de janeiro e julho.

O ensinamento espírita e a moral evangélica são os elementos com os quais trabalhamos em nossas aulas. Esses conhecimentos são levados aos alunos através de situações práticas da vida, pois a metodologia empregada pretende que o aluno reflita e tire conclusões próprias dos temas estudados, pois só assim se efetiva a aprendizagem real.

As aulas são realizadas num ambiente de descontração, como recomenda a Didática moderna, sem misticismo, com respeito e grande aproveitamento, pois o aluno participa, questiona, se informa, dirime dúvida, reflete e conclui.

O Evangelizador é muito mais que um monitor, é o companheiro, o amigo, o conselheiro, aquele que dá vida e dinamismo à aula, aquele que impregna os conteúdos da lição com o calor da certeza que tem na tarefa que realiza. Não é um mero transmissor de informações. Os conhecimentos por ele veiculados guardam a pujança da sua fé e do seu ideal. Vale-se dos recursos técnico-pedagógicos indispensáveis, mas utiliza o amor como técnica por excelência. Ele se aperfeiçoa em técnicas de ensino para melhor atender as exigências do processo ensino-aprendizagem.

_____________________________________________________________

As turmas de evangelização são sempre às terças ferias e domingos, juntamente com as palestras públicas para que, a família inteira possa participar das atividades da casa espírita

O objetivo do trabalho realizado fundamenta-se no mandamento de Jesus:

“AMAR A DEUS SOBRE TODAS AS COISAS E AO PRÓXIMO COMO A SI MESMO”

Partimos do princípio que

Jesus

Educador por excelência,

Trouxe uma nova forma de trabalho.

Com o outro trabalhava em torno das situações reais apresentadas na convivência do dia a dia.

O trabalho de Jesus era basicamente individual.

Era uma relação de pessoa a pessoa.

Jesus via em cada pessoa sua individualidade.

Jesus não massificava.

Ouvia amorosamente e…

Servia aos que buscavam.

Com Arte se pode buscar a consciência de si mesmo

Através das próprias descobertas,

Numa jornada calma, serena,

Multiplicava, em passos qualitativos

De uma a outra etapa

Num processo pessoal,

Individual, próprio e que nunca se repete de pessoa a pessoa.

“Cada indivíduo, por mais deserdado, pode produzir igualmente sua parcela de vida e de verdade.

E é isso que deve ser essencial em Educação: todo homem, toda criança, sobretudo, traz em si incríveis virtualidades de vida, de adaptação e de ação.

Devemos redescobrí-las, deixá-las germinar,  para assentar sobre essas virtualidades todas as nossas intervenções educativas.”

“Em todas as coisas é preciso primeiro tentar compreender profundamente, ir à própria fonte dos erros e dos lampejos de verdade, reencontrar os fios condutores dos comportamentos individuais e sociais”. Cèlestin Freinet

 

Partindo dessa abordagem de Cèlestin Freinet, não podemos deixar de rever os fins que se propõe a educação, repensar o processo do conhecimento separado da vida, tal qual é visto por uma educação convencional, que dessa forma, não considera a criança na sua dimensão interior e na amplitude da inteligência humana dentro da visão do TODO do SER.

No processo de aprendizagem é coerente buscar estratégias, espaços, onde se possa exteriorizar e trabalhar emoções, perturbações, temores, esperanças, hesitações, oportunizando o crescer harmoniosamente. Essa ação só pode acontecer por uma transformação no espaço e nas mentalidades, impossível de ser vivenciada enquanto a educação no seu conjunto não se sentir ativa e responsável, também pelo entendimento da criança dentro do contexto cultural onde o seu aprendizado está inserido.

Retomemos confiança na vida e tenhamos a certeza de que ela é capaz de fazer os indivíduos não deformados, não desvitalizados, ascenderem das atividades de base à instrução, à cultura, à ciência e à arte, até a suprema conquista de uma espiritualidade que é a marca eminente da superioridade humana.

Texto extraído da coleção Educação e Arte – vol. 1 – Autora: Marilena Gonçalves

_________________________________________________________

 

4 thoughts on “Evangelização”

  1. O trabalho de evangelização acaba sendo mais pra nós evangelizadores que ainda necessitamos muito das muitas reflexões que temos com as crianças! Obrigado evangelização por essa grande oportunidade de caminhada na minha vida!!!

  2. Momentos como este, fica gravado na alma por toda eternidade.
    Abraço fraterno a toda equipe que se empenham com muiito carinho para fazer acontecer momentos como este..

    Muita Paz a todos..

  3. amigos todos viraram crinça um pouquinho que lindo

    um trabalho maravilhoso adorei obrigada uma noite de paz para todos q Jesus esteja presente com todos

  4. Amigos e trabalhadores desta Seara espírita lhe venho dizer que admiro muito o vosso trabalho e me sinto ligado a todos vós nesta caminhada.
    As palestras tem sido muito doutrinárias e com uma suavidade linda .
    Os meus parabéns pelo lindo trabalho de evangelização para os jovens que mais tarde serão os continuadores deste trabalho lindo ………… Os meus parabéns e um grande abraço fraterno de muita paz

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Amai-vos e Instruí-vos