Rumo à felicidade

Foste criado para a felicidade sem jaça! Entretanto, não a alcançarás ligeiramente: tua plenitude é da ordem das infinitudes e das eternidades… Magnificente herança aguarda a realização da tua maioridade espiritual!

Prepara-te para assumi-la, fidelizando-te ao Ser! És divino pela essência, mas, ainda, humano e limitado, em sua inexperiência!

Existes na carne para exercitares tuas faculdades sublimes, até que te tornes “superior” às tuas próprias necessidades do dia, e tomes posse da “Vida Eterna”, aquela que não se deixa confundir por instâncias do momento!

Não te desvies do caminho, nem te distraias!

Não assumas pesos extras para a jornada longa!

Não te apegues, senão à nobreza de caráter, e aos princípios da humildade e do desinteresse pessoal!

Fujas ao comodismo, à preguiça, ao conforto excessivo… “Não poderás servir a dois Senhores ao mesmo tempo!”.

Chegarás, assim, mais cedo à tua meta maior:

– A FELICIDADE!

João Chão

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *